quinta-feira, 7 de abril de 2011

1º EnContos Versão PE (14/04/11)

Há uns bons 13 anos atrás eu, Ricardo Siciliano, Duda Amaral, Marton Olympio e Odervan Santiago resolvemos nos reunir para desenvolvermos contos individuais, mas que orbitassem sobre um mesmo tema. Fizemos apenas uma edição desta idéia e, dos cinco participantes, apenas três escreveram: eu, Sici e Duda. Marton escreveu recentemente o seu conto, depois que relembrei nossa saga literária.

Anos se passaram, estávamos em 2005 e numa conversa com Lafayette Suzano, ele me relatou que se reunia com Mauro Marujo e Henrique Souza para lerem contos (de autores variados) toda terça-feira e me convidou para uma dessas leituras. Era genial, mas faltava algo que fui buscar lá no longínquo ano de 1998. Escrever nossos próprios contos e lê-los, todos com um mesmo tema. Isso tornava a leitura mais interessante visto que cada um daquele grupo (que foi crescendo com a entrada de Marcelo Peregrino, Alcides Eloy, Ivone Landim, Heitor Neguinho, Marlos Degani entre outros) tinha uma leitura completamente singular do tema.

A tocha foi passada e continua acessa em Nova Iguaçu, com Moduan Matus, Sil, Seu Gelson, Sertório, Lafayette e Mauro Marujo (que inclusive lançou seu primeiro livro “25 Contos” com material produzido nessas reuniões).

Hoje morando em Pernambuco, não posso comparecer a esses EnCONTOS (nome que batizou os nossos encontros no quintal do Moduca), cheguei a enviar alguns contos para que fossem lidos lá. Mas a vontade de continuar com este laboratório de idéias junto a pessoas criativas que conheci aqui em Recife, me fez sugerir a algumas delas (Denise Dantas, Thiago Guerra, Vanessa Santana, Kaio Friederich, Ricardinho entre outros) que iniciássemos esses EnCONTOS versão PE.

Numa conversa com Sérgio Buarque, relatei que estava com vontade de criar a versão do EnContos aqui em Recife, no que ele fez o convite para que acontecesse lá no Banquete. Daí para um email do Bruno Piffardini (Coordenador das atividades literárias do bar) e para marcarmos a primeira edição, foi um pulo.

Por isso convido a todos meus amigos para comparecerem no Banquete na próxima quinta dia 14 de abril as 19h para trocarmos umas idéias, propormos temas para as próximas edições e acima de tudo ler contos. Até lá!

Bar e restaurante Banquete
Rua do Lima, 195 (ao lado da Igreja e em frente à TV Jornal)
Telefone: (81) 3423.9427

8 comentários:

Denise disse...

Pow...
Tu não falou que o próximo seria "Kd Denise"?

Vanessa Rodrigues disse...

meu nominho??? emocionou.. =******
farei o possível para ir my friend
xero grande
\O/

Zaray disse...

Denise
Vamos fazer o Cadê Denise, não se desespere, contenha sua vaidade...
Em nenhum momento disse que não iríamos fazer!

Denise disse...

Tem nada haver com vaidade,tu sabe que a história desse tema é massa, quem houve adora, se fizer vai dar contos muito loucos, o Pena Firme fez até musica.
Mas se não rolar não tem problema...
Bjs

Amanda disse...

Bom apetite a todos!!!

Arte e Cultura Popular disse...

Cheguei a participar de algumas dessas leituras como sempre muito produtivas até que me arrisquei a escrever alguns contos sem ter nenhuma noção mais com o toque desses maestros das letras comprei esse barulho, mais nessa época eu estava trabalhando na escola a noite atendendo a pedidos de alguns alunos então tive que me afastar.
Será que da pra escrever alguma coisa,parece que o tema é incendio se for possivel me diga como.

silvana disse...

E aí?! Como é que foi?!
Espero tenha sido muito bom!!!!
Bjs a todos

manu disse...

Cezar Ray... meio místico, meio moleque, vc é da Denise, vc é de todos, conversa de "malandro", cérebro de intelectual... Cezar Ray, seu blog é massa, mistura de cultura e insensatez!!! Manu, Hair Fly